• Capa 2008

O Canil

O canil Dolci Cani se dedica a criar da maneira mais responsável duas raças muito amadas e desejadas no mundo todo, Golden Retriever e Bernese Montain Dog. 

Faz isso com amor e levando a sério todos controles necessários para uma criação profissional e segura em todos os sentidos. Nossa maior satisfação é oferecer cães saudáveis, equilibrados e belos levando em conta todos os aspectos nos cuidados em relação ao padrão de ambas as raças. 
Nossos cães são testados para as principais doenças, raio X para displasia coxofemoral e de cotovelo, Mielopatia degenerativa, com laudos dos pais e avós.Também todos possuem DNA, verificações que conferem aos mesmos alegria no decorrer da sua vida, que é o que você deseja para seu futuro companheiro de quatro patas. 

A entrega dos filhotes é acompanhada de: 
*Carteira de vacinação.
*Registro Pedigree CBKC e FCI.
*Microchipados.
*Vacina importada V10.
*Vermifugados conforme idade.
*Garantia de saúde animal.
*Contrato compra e venda.
*Filhotes alimentados com ração super Premium Royal Canin.
*Kit filhote Royal Canin.
*Laudo DNA dos pais.
*Laudo Displasia coxofemoral e de cotovelo. dos pais e avós.
*Laudo Mielopatia Degenerativa dos pais.

Seja bem vindo!
Equipe Dolci Cani

Novidades

Dentre as diversas atividades desenvolvidas pelo homem desde a antiguidade, um deles sempre se destacou: a caça.


Em parte porque tem sua origem relacionada com a procura pelo alimento para a sobrevivência no início da nossa história e em parte pelo desafio do domínio da natureza e dos outros seres vivos. Neste sentido, a sociedade foi evoluindo, o que hoje pode ser discutível como moralmente ou politicamente correto, há pouco tempo e mesmo atualmente em vários locais, se constitui num esporte tradicional e até de elite.


Neste aspecto, o cão acompanha o homem neste esporte há muito tempo, quer para perseguir a presa, quer para buscá-la. Assim, estes esportistas não poupavam economias para desenvolver e aprimorar raças de cães que se adequassem cada vez mais as suas necessidades. No entanto, como os cães existentes nem sempre correspondiam as suas necessidades, o homem passou a realizar cruzamentos para obter um cão forte, de tamanho moderado, boa ossatura e com grande habilidade para buscar a presa e entregá-la na mão do caçador sem destruí-la. Além destas características, ainda deveria estar capacitado para enfrentar os mais diversos tipos de terreno, água, pântano ou matas fechadas. Os principais cruzamentos experimentais envolveram Setters, Spaniels de água e o Terranova, principalmente nos territórios do Reino Unido.


A partir destes experimentos surgiram os Retrievers, animais que se destacavam como excelentes cães de busca. Notabilizando-se pela excelente capacidade de resgatar presas abatidas ou perdidas. Foi nesse cenário que se iniciou o processo de desenvolvimento da raça Golden Retriever...


A ORIGEM DA RAÇA: A REALIDADE E A LENDA

Como em várias outras raças caninas puras, o Golden tem ancestrais britânicos (seu nome, em inglês, significa: Golden = dourado; Retriever = aquele que resgata).


Foi o resultado de anos de cuidadosa e planejada seleção, realizada no século XIX por Sir Dudley Marjoriebanks - mais tarde o primeiro Lorde Tweedmouth - na Escócia. A história original sobre a raça foi refutada a partir de 1952, quando veio a público um manuscrito de Lord Tweedmouth contando como de fato teria ocorrido a seleção. A descoberta dos registros foi feita, segundo o “Complete Dog Book of American Kennel Club”, pelo conde de Ilchester, sobrinho do Lorde, historiador e esportista.


A versão anterior sobre o aparecimento da raça, agora tida como lenda, conta que tudo teria começado com a suposta compra dos cães de um circo russo feita pelo Lord Tweedmouth em Brighton, sul da Inglaterra, atraído pela esperteza, inteligência e pelo tom amarelado dos olhos daqueles cães de mais de 45 quilos, pelagem grossa e pesada e com cerca de 76 cm de altura. O Lorde interessou-se por dois deles, mas foi obrigado a comprar o grupo todo, composto por 8 cães.


De Brighton, ele os teria levado para uma propriedade chamada Guisachan, na Escócia, onde caçava cervos. Mais tarde para reduzir o tamanho e melhorar o faro destes cães, teria feito um cruzamento com o Bloodhound.


Em seu livro, o Lord Tweedmouth - anotou detalhes da sua realização em Guisachan entre 1835 e 1890 mas não menciona a compra dos cães de circo. Conta, porém, que adquiriu em 1865 o único exemplar amarelo, de uma ninhada de cães pretos encaracolados, chamado Nous, precisamente em Brighton, e o levou para Guisachan. Nous acasalou com uma Tweed Water Spaniel chamada Belle e daquela união nasceram quatro fêmeas: Ada, Primrose, Crocus e Cowslip. Por mais de vinte anos, o Lord trabalhou numa linhagem descendente de Cowslip, que fez seu primeiro cruzamento com outro Tweed Water Spaniel (de nome "Tweed"). Para manter a linhagem forte e melhorar as aptidões de caça, houve cruzamentos com dois Wavy-Coats pretos ("Sambo" e "Tracer") e um Setter Irlandês ("Sampson"). Especula-se sobre uma possível utilização de um Bloodhound, mas não há como comprovar essa hipótese. A textura da pelagem dos cães era variada, assim como a cor, que ia do ruivo ao creme.


Ocasionalmente, filhotes do canil do Lorde Tweedmouth eram dados a amigos e parentes. Algumas dessas pessoas criaram os cães e desenvolveram linhagens próprias. Os anos de seleção de tipo, cor e habilidade realizada em Guisachan resultaram na linhagem Ilchester, ancestral dos Goldens atuais.


RESUMO SEQÜENCIAL DOS FATOS

  • 1890 - Levados por viajantes, os primeiros Golden Retrievers começaram a chegar aos EUA e Canadá.
  • 1894 - O filho de Lord Tweedmouth e Lady, a sua Golden Retriever, emigraram para o Texas, passando pelo Canadá.
  • 1903 - A raça é aceita pelo Kennel Club of England; são chamados de "Flat-Coats-Golden".
  • 1904 - Um Golden obtém o primeiro lugar numa prova de campo.
  • 1908 - Culhan Brass e Culhan Cooper, descendentes diretos do plantel de Lord Tweedmouth, estão entre os primeiros exemplares de Golden exibidos em competição. Eles serão os ancestrais de quase toda criação atual.
  • 1911 - Fundação do Golden Retriever Club of England. A raça é reconhecida.
  • 1925 - O Golden faz suas primeiras exibições na França. O American Kennel Club registra o primeiro exemplar da raça, que antes era especificada simplesmente como Retriever com alguma anotação quanto à cor.
  • 1927 - Primeiro registro como raça separada no Canadá.
  • 1930/1940 - Os Goldens se popularizam nos EUA e se espalha pelo mundo.
  • 1938 - Fundação do Golden Retriever Club of America.
  • 1977 - Os primeiros três cães a alcançar o título de Campeão de Obediência do AKC foram Goldens. O primeiro (Ch. Moreland´s Golden Tonka) foi uma fêmea.

RAÇAS RELACIONADAS

Flat-Coated Retriever - Pensa-se que seja o antepassado direto do Golden Retriever, embora seja mais esguio e tenha um temperamento mais jovial, quase como o do Setter.
Chesapeake Bay Retriever - Este cão resultou do cruzamento da raça do Cão Lesser de St. John com os cães de caça americanos da região.
Retriever do Labrador - Outro descendente do Cão Lesser de St. John, partilha com o seu parente distante, o Golden Retriever, uma função de trabalho e uma personalidade semelhante.
Curly-Coated Retriever - Atualmente bastante rara, esta raça foi levada para o Reino Unido por pescadores de bacalhau. A sua pelagem é de cão de água, formada por pequenos caracóis à prova de água.
Terra Nova - Descendente do Greater da Terra Nova ou Cão de St. John é uma raça grande e alegre, ainda utilizada para trabalho de auxiliar na água.

Nossos Filhotes pelo Mundo

Entre em contato

Extras

Curta Nossa Fan Page